0

PROSEGUR É CONDENADA A PAGAR ADICIONAL DE QUEBRA DE CAIXA AOS FUNCIONÁRIOS DA TESOURARIA

O Sindfort/PE através da sua assessoria jurídica ajuizou ação trabalhista contra a Prosegur objetivando assegurar aos funcionários que trabalham na Tesouraria (e que são associados ao Sindicato) o pagamento do Adicional de Quebra de Caixa de 25% sobre o salário recebido.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O juiz da 3ª Vara do Trabalho de Olinda/PE acolheu o pedido do Sindfort/PE na Ação Coletiva nº 0000908-22.2018.5.06.0103, condenando a empresa a pagar aos funcionários da tesouraria o adicional de quebra de caixa de 25% sobre o salário a partir de julho de 2013 até a data da implantação em folha de pagamento, tendo ainda estipulado o valor da causa em 1 milhão de reais.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Segundo o advogado do Sindfort/PE, Sávio Delano “essa decisão é uma importante vitória para as funcionárias e os funcionários que trabalham na tesouraria e que estão sujeitos ao trabalho em confinamento e submetidos a uma forte pressão psicológica. É fundamental a valorização dessas trabalhadoras e trabalhadores que muitas vezes são tratados como invisíveis”.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Para o presidente do Sindfort/PE, Cláudio Mendonça “a luta do Sindicato não para por aí, temos muitos desafios pela frente e precisamos de toda categoria para enfrentar o desmonte promovido nas leis trabalhistas, precisamos nos unir mais.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A assessoria jurídica esclareceu que a decisão ainda cabe recurso e que o processo ainda terá uma longa caminhada.

#Sindfortpe#DireitoDoTrabalho#Sindicato#Vigilantes#TransporteDeValores#Segurancas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: